Patrono: Alberto Barreto    

Copatrono: Antônio Zapalla (tornou-se emérito em 1997)   

2º Ocupante: Joaquim Roberto Costa Lopes     

Ocupante atual: Lucimar Rodrigues Coser Cannon

Curriculo:

Nasceu em 10 de maio de 1946, no Rio de Janeiro. Filha de Omar Rodrigues e Lucy Fonseca Rodrigues. Graduou-se em Medicina pela Universidade de Brasília, UnB, em 1978. Estagiou, no exterior, em Planejamento Familiar, no Ministério da Saúde, Quito, Equador (1987); residência médica em ginecologia e obstetrícia, no Hospital Universitário de Brasília, UnB-Inamps (1979-1981); especializou-se em Planejamento de Sistemas Integrados de Saúde, pela Universidade de Brasília (1988); mestrado em saúde pública e comunitária pela University of Dundee, Escócia, Reino Unido, com a dissertação Adolescence, Public Healthy and Sexuality in the Americas (1989-1990); doutorado em saúde pública e comunitária, pela University of Dundee, Escócia, Reino Unido com a tese An Investigation of Young People’s Contraceptive Knowledge and Behaviour: Implications for Family Planning Services in Tayside, Scotland and Federal District, Brasilia, Brazil, 1991-1995; estagiou em Economia em Saúde, University of York, Reino Unido (1995); participou do Projeto Karelia do Norte, Instituto Nacional de Saúde Pública da Finlândia (2002).

Trabalhou como oficial técnico do Instituto de Psicologia Aplicada, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro (1963); ginecologista e obstetra da Secretaria de Estado de Saúde do DF (1981- 2013); ginecologista e obstetra do Ministério da Saúde (1982-1999); Consultora Internacional da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Organização Mundial da Saúde (2000-2010); Consultora Nacional Sênior, Gabinete do Representante da OPAS-OMS no Brasil, desde 2010.

Na Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), ocupou os seguintes cargos e funções hierárquicas: Vice-Diretora do Centro de Saúde 1, Regional de Saúde de Sobradinho; Diretora do Centro de Saúde 2, Regional de Saúde de Sobradinho; Coordenadora de Atenção Básica da Regional de Saúde de Sobradinho; Coordenadora do Núcleo de Judicialização da SES-DF, Gabinete do Secretário de Saúde.

No Ministério da Saúde, atuou como Coordenadora do Programa Nacional de Saúde do Adolescente por duas ocasiões, 1993-1995 e 1999, e como Subsecretária de Planejamento, Secretaria-Executiva (1997-1998).

Na OPAS-OMS, foi Consultora Internacional e Sub-Regional em Saúde do Adolescente para toda a América Central, estacionada em San Salvador, El Salvador (2000-2001); consultora regional e internacional em prevenção de doenças crônicas não transmissíveis, responsável pela Iniciativa e Rede Carmen de Prevenção de Doenças Crônicas Não Transmissíveis, Washington, D C, Estados Unidos, 2001-2003; analista dos programas de saúde dos seguintes países: Colômbia, México, Peru, Venezuela, Equador, fronteira Estados Unidos-México, Canadá, Estados Unidos, Haiti, Porto Rico, Curaçao, Aruba e Sistema de Integração Andino; Gabinete da Diretora da OPAS, Washington, D C, Estados Unidos, 2003-2010; Assessora Sênior do Gabinete do Representante da OPAS-OMS no Brasil desde 2010.

Em atividades de docência, foi professora de Física, Química e Biologia, Fundação Educacional do DF (1978); participou da capacitação de médicos obstetras e ginecologistas em vários estados do Brasil, como staff da Coordenação do Programa de Saúde Integral da Mulher e do Programa de Saúde Integral da Criança, pelo Ministério da Saúde e pelo Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (1986-1988); ministrou curso de Língua Portuguesa, como professora contratada pela Universidade de Dundee, Escócia, Reino Unido (1991-1993); lecionou no curso de especialização em saúde coletiva, Departamento de Saúde Pública da Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade de Brasília (1998).

Suas pesquisas mais relevantes foram: Adolescence Public Health and Sexuality in the Americas: a Literature Review, dissertação de mestrado, University of Dundee (1990) e An Investigation of Young People’s Contraceptive Knowledge and Behaviour: Implications for Family Planning Services in Tayside, Scotland, and Federal District, Brasilia, Brazil, tese de doutorado, University of Dundee, Scotland (1995).

Sua preceptoria mais importante ocorreu na orientação técnica de alunos, internos e médicos residentes, como staff do Hospital Universitário de Brasília, Universidade de Brasília (1986-1987).

Suas consultorias com maior destaque foram: avaliação do Programa de Saúde do Adolescente do Equador (1998); para o Physical Evaluation Handbook, US, Department of Health and Human Services, Center for Disease Control and Prevention (CDC), Atlanta, Georgia, Estados Unidos, 2002; Observatório de Doenças Crônicas Não Transmissíveis: o Caso do Brasil, Ministério da Saúde, 2006.

Em eventos profissionais, proferiu as palestras: Planejamento Familiar no Brasil: Taxa de Fecundidade – Perfil, Influências e Consequências, 2.o Congresso Latino Americano de Planejamento Familiar, 2.o Congresso Latino Americano de Planejamento Familiar e 1.o Congresso Brasileiro de Planejamento Familiar (1989); Tendências Demográficas e Riscos Globais da Saúde, conferência realizada no Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo para alunos de graduação e de pós-graduação do próprio Instituto e de outras unidades da Universidade de São Paulo em 2017; O Papel do SUS no Enfrentamento das Velhas e Novas Ameaças à Saúde: Resultados e Desafios do SUS na Redução da Mortalidade Infantil, Seminário 30 Anos de SUS, Representação da OPAS-OMS no Brasil (2018); discurso de abertura do 17.o Congresso Internacional de Câncer, Rio de Janeiro, Brasil, 1998, representando o Ministro da Saúde, Senador José Serra.

Atuou como membro da Comissão Tripartite, suplente do Secretário Executivo do Ministério da Saúde (1996-1998); suplente do Ministro da Saúde no Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Ministério da Justiça (1996-1997); representante do Ministério da Saúde no Conselho Nacional de Saúde (1996-1998); Presidente do Comitê de Ética da OPAS, Washington, D C, USA (2007-2008); Presidente da Associação de Servidores da OPAS em Washington, DC (2008-2009).

Quanto a artigos editoriais de periódicos médicos, são de sua autoria o prefácio da publicação Adolescentes, Jovens e a Pesquisa Nacional sobre Demografia e Saúde: um Estudo Sobre Fecundidade, Comportamento Sexual e Saúde Reprodutiva. Sociedade Civil e Bem-Estar Familiar no Brasil, Bemfam, 1999; prefácio da publicação Seminário Gravidez na Adolescência. Associação Saúde da Família, São Paulo, 1999; Ações Judiciais Impetradas Para Obtenção de Medicamentos e Tratamentos Especiais: A Judicialização da Saúde, editorial da revista Brasília Médica, vol. 49, número 3, 2012.

Registra dentre suas produções literárias mais relevantes: Saúde e Juventude: o Cenário das Políticas Públicas, in: Jovens Acontecendo na Trilha das Políticas Públicas, Comissão de População e Desenvolvimento, Presidência da República, Brasília (1998); Curso en Organización y Gerencia de Programas y Proyectos Para Líderes Juveniles: Una Herramienta Para el Empoderamiento de la Población Adolescente y Joven, Guía Metodológica, Pan American Health Organization, El Salvador (2001); Las Competencias de los Asesores de la OPAS-OMS en Escenarios Complejos y Competitivos, in: Redes de Relacionamiento Estratégico de la OPAS-OMS: Conceptos y Lecciones Aprendidas, OPAS-OMS, Brasília, 2011; O Programa Mais Médicos e as Redes de Atenção à Saúde no Brasil, Divulgação em Saúde para Debate, Rio de Janeiro, 2014; Desafios da Mortalidade Infantil e na Infância, 2018.

Foi merecedora das seguintes homenagens dentre outras: placa em reconhecimento aos serviços prestados à Saúde do Adolescente e ao VI Congresso Brasileiro de Adolescência (1995); Certificate of Appreciation pela OMS e pelo Governo do Canadá como membro do Comitê Organizador do IV Foro Global sobre Prevenção e Controle de Doenças Crônicas (Ottawa, 2004).

Registra como suas realizações especiais dignas de nota ter sido representante do Brasil e representante do Ministério de Relações Exteriores na Reunião da Comissão Pró-Desenvolvimento, United Nations Economic and Social Council, United Nations, na Sede da Organização das Nações Unidas, em Nova Iorque, Estados Unidos (1997); ter participado do desenvolvimento do Planning the World Research Network for Mother and Child Health, Institute de France, Academie des Sciences, Swedish Academy of Science, Foundation des Treilles, Tourtour, Provence, France, como representante da Comissão de População e Desenvolvimento do Brasil, pela Presidência da República (1997); ter atuado no desenvolvimento e na coordenação nacional da 1.ª Campanha Nacional de Prevenção do Câncer Cervicouterino do Ministério da Saúde (1998); ter participado do planejamento e da negociação da Rede Social de Proteção (Social Safety Net), para aprovação do empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI), em conjunto com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Banco Mundial, 1998.

Considera sua melhor realização profissional ter ajudado a Saúde Pública do Brasil participando da criação do SUS e dos programas de saúde materno-infantil, saúde do adolescente, prevenção e controle do câncer cervicouterino, prevenção e controle das doenças não transmissíveis. Declara ter sido uma gravidez extrauterina o caso que mais a impressionou entre suas pacientes. Refere ter sido a possibilidade de poder diminuir o sofrimento, preservar e promover a saúde das pessoas o que realmente mais a incentivou a ser médica.